Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Brasil apresenta ações de eGOV no Cazaquistão

Notícias

Brasil apresenta ações de eGOV no Cazaquistão

Planejamento representa governo brasileiro em evento internacional

As ações brasileiras de governo eletrônico (eGOV) serão apresentadas, até a próxima quarta-feira (8), na terceira edição do encontro "Global e-Government Forum", em Astana, no Cazaquistão. Organizado pela administração local em parceria com as Nações Unidas, o objetivo do evento é promover estratégias e iniciativas de governança eletrônica entre os diversos países participantes. O Ministério do Planejamento (MP) representa o governo brasileiro.

"Ampliar o conhecimento através da troca de experiências aumenta a capacidade analítica e as possibilidades de implementação de novas ações de governo eletrônico", afirma Loreni Foresti, secretária de logística e tecnologia da informação do MP. Segundo a secretária, a participação brasileira é fundamental para a melhoria dos serviços eletrônicos prestados pelo governo.

Durante o evento, a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) apresentará temas como a Infraestrutura Nacional de dados abertos (Inda), Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico (ePING), Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.597) e as ações brasileiras dentro da Parceria para Governo Aberto (Open Government Partnership).

"É preciso existir um certo equilíbrio internacional nos avanços de implementação das ações de eGOV, considerando a natureza da política pública de governo aberto, que iniciou-se na OGP", complementa Foresti.

México

A política brasileira de dados abertos também foi apresentada, de 1º a 3 de outubro, durante a II Conferência Regional sobre Dados Abertos e o GobCamp III: Dados Abertos para Governo Aberto, ambos realizados na cidade do México. As iniciativas, de intercâmbio com países da América Latina, têm impacto na formulação de estratégias para governo aberto e dados abertos.

Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.