Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Defensoria Pública do Rio de Janeiro adere ao Sistema Eletrônico de Informações (SEI)

Notícias

Defensoria Pública do Rio de Janeiro adere ao Sistema Eletrônico de Informações (SEI)

Secretário adjunto de Gestão do MP, Cassiano Alves, apresenta o Sistema para o defensor público-geral do Estado, André Castro

Secretário adjunto de Gestão do MP, Cassiano Alves, apresenta o Sistema para o defensor público-geral do Estado, André Castro

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro deu os primeiros passos na implantação de um moderno sistema de processo administrativo eletrônico, uma ferramenta mais acessível, ágil, transparente, econômica e eficiente. Na semana passada (04), a instituição formalizou o termo de cooperação técnica com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), que autoriza  a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

Criado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e já adotado por diversos órgãos da Administração Federal, a ferramenta eliminará o uso do papel e permitirá que todos os processos administrativos da instituição se tornem eletrônicos, garantindo que os colaboradores da Defensoria Pública iniciem ou acessem processos de qualquer computador com acesso à internet.

O acordo que prevê a cessão do SEI foi assinado pelo defensor público-geral do Estado, André Castro, já na plataforma digital do sistema. Presente à assinatura, que aconteceu na sede da DPRJ, o secretário-adjunto de gestão do Ministério, Cassiano de Souza Alves, que destacou as vantagens da implantação do SEI.

O defensor público-geral assinou, também digitalmente, o plano de trabalho para adesão ao Sistema. O cronograma estabelece que, a partir do primeiro dia útil de 2018, todos os processos administrativos da instituição serão iniciados eletronicamente, bem como serão digitalizados todos os processos que tramitarem a partir de então.

Estiveram presentes ao ato de assinatura o primeiro subdefensor público-geral do Estado, Denis Praça, a secretária-geral, Márcia Fernandes, o diretor de Gestão da Informação da Defensoria, Vitor Reis da Costa da Silva, e o analista de Tecnologia da Informação do MP, Marcus Vinícius Pereira de Jesus.

Regimento Interno

Na semana anterior à assinatura do convênio de cessão do SEI, o sistema foi apresentado aos defensores e servidores da Defensoria Pública, em uma reunião no auditório do segundo andar da sede.

O primeiro subdefensor público-geral do Estado, Denis Praça, destacou a importância da iniciativa que, além de por fim aos processos em papel na instituição, promete tornar as rotinas administrativas mais rápidas e racionais.

Na apresentação, o subdefensor destacou que a “virada de chave” – quando o SEI efetivamente entrará em vigor – está prevista para 1º de janeiro e que, até lá, a instituição deverá padronizar uma série de procedimentos e documentos. Os esforços nesse sentido começarão com a atualização do Regimento Interno da DPRJ, que é de 1989.

Na reunião, houve uma dinâmica sobre os processos internos da Defensoria, conduzida pela secretária-geral, Márcia Fernandes. Ao final, o diretor de Gestão da Informação explicou o passo a passo da implantação do sistema.

Foto: Erick Magalhães

Acesse álbum completo da assinatura no Flickr da Defensoria

Fonte: Defensoria Pública do Rio de Janeiro e Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão