Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Empresas marcam presença em discussão sobre contratação do serviço de nuvem

Notícias

Empresas marcam presença em discussão sobre contratação do serviço de nuvem

O prazo para recebimento das contribuições sobre contratação de serviço de nuvem termina hoje

Nesta quinta-feira, 10/5, representantes de aproximadamente 30 empresas de tecnologia discutiram com a equipe da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão o modelo de contratação dos serviços de computação em nuvem.

O prazo para o recebimento de contribuições a respeito do termo de referência sobre a contratação do serviço de nuvem termina hoje, 11/5. A contratação será por meio do Sistema de Registro de Preços, que permite a participação de outros órgãos no processo, bem como uma possível adesão à Ata de Registro de Preço.

Apesar de diversas sugestões terem sido apresentadas durante a reunião, o diretor do Departamento de Aquisições e Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação, Bruno Fassheber Novais, lembrou que todas as propostas deveriam ser incluídas na Plataforma de Participação Social (Participa.br), com o objetivo de promover a transparência em todo o processo.

O termo de referência em consulta pública prevê uma contratação com a duração mínima de 36 meses e máxima de cinco anos. De acordo com o modelo proposto, ao completar 18 meses de contrato, haveria uma avaliação se o contrato seria renovado por mais 24 meses. 

Antes de ir para consulta pública, o modelo, desenhado de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Gabinete de Segurança da Informação da Presidência da República, chegou a ser discutido também com outros órgãos da administração pública federal, como o Tribunal de Contas da União.

O projeto da contratação do serviço de nuvem faz parte da Plataforma de Cidadania Digital e implementa iniciativas constantes na Estratégia de Governança Digital do Governo Federal. Com o serviço, o Governo Federal pretende acelerar a transformação digital dos serviços públicos oferecidos ao cidadão brasileiro.

Fonte: Ministério do planejamento, Desenvolvimento e Gestão.