Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Planejamento apresenta transformação digital do governo brasileiro em reunião do Conselho Superior do MBC

Notícias

Planejamento apresenta transformação digital do governo brasileiro em reunião do Conselho Superior do MBC

Ao concluir a implantação de 38 serviços este ano, o governo obteve uma economia de mais de 400 milhões

publicado: 27/04/2018 18h00 última modificação: 02/05/2018 10h15

O secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic/MP), Luis Felipe Salin Monteiro, esteve reunido na quinta-feira (26/4) com o Conselho Superior do Movimento Brasil Competitivo (MBC) para apresentar o processo de transformação digital do governo.

O MBC atua na formação de coalizões entre lideranças públicas, empresários e sociedade civil, que por meio do seu conhecimento e troca de experiências possam influenciar nas transformações sociais, políticas e econômicas no Brasil. Uma das plataformas de atuação do conselho que pode trazer impacto e resultados para a sociedade é a “Economia Digital “. Foi dentro desse contexto que o MP apresentou, na 49ª Reunião do Conselho Superior do MBC, os avanços da transformação digital do governo brasileiro.

Para o secretário de TI “o novo gestor público deve conhecer tanto de tecnologias digitais quanto já sabe de política pública e economia”. Segundo ele, a economia do futuro será digital e deverá alcançar todos os brasileiros. Um dos maiores desafios será a capacidade de direcionar esforços e coordenar mudanças estruturais na forma de organização da sociedade, preparando-a para enfrentar as barreiras e, principalmente, para aproveitar as oportunidades da economia digital.

O Brasil tem enorme potencial na economia e ocupa a 4ª posição no mundo dentre os países com mais usuários de internet e embora estejamos evoluindo, o país deve buscar ser protagonista nesta nova era de economia digital. Nesse contexto foi publicada a Estratégia Brasileira para a Transformação Digital (E-Digital), documento que atende a recomendação do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) de uma estratégia para a economia digital no Brasil.

Apenas com a transformação de 38 serviços em digitais, o governo já obteve mais de 400 milhões de redução de custos, tanto para a sociedade quanto para os órgãos, que se valem a eficiência promovida pelas tecnologias digitais.

Segundo o presidente do Conselho do MBC Jorge Gerdau, “a digitalização da economia do Brasil tem potencial enorme, seja pela redução de custos, seja pela diminuição da burocracia. O processo de digitalização brasileiro, essa revolução digital, é missão conjunta do governo e do empresariado”.

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.